Vulcão Calbuco segue em erupção no Chile; voos são cancelado…

Vulcão Calbuco segue em erupção no Chile; voos são cancelados

Calbuco teve sua última grande erupção em 1961. 4 mil pessoas foram evacuadas; Puerto Montt e Bariloche cancelaram voos. Visto de...

Read more

Justiça Federal pede soltura de cunhada do ex-tesoureiro do …

Justiça Federal pede soltura de cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto

Foto: Reprodução / Globo News A Justiça Federal mandou soltar ‘imediatamente’ a cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, Marice...

Read more

Após dois meses, bebê que nasceu em banheiro de hospital vai…

Após dois meses, bebê que nasceu em banheiro de hospital vai para UTI

        Bebê prematuro consegue vaga em Guanambi(Foto: Reprodução/TV Bahia) O bebê prematuro que nasceu no banheiro do Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro,...

Read more

Governo quer resgatar R$ 13 bilhões em tributos; dívidas ser…

Governo quer resgatar R$ 13 bilhões em tributos; dívidas serão negociadas

As pessoas que têm dívidas tributárias com o estado serão chamadas para participar de um mutirão de regularidade fiscal. Atualmente,...

Read more

MAIS UM SITE DA NOSSA EMPRESA

Foto: Dida Sampaio / Estadão

Presidenta Dilma Rousseff

Com a saída do ministro Pepe Vargas da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência (SRI), e a transferência das atribuições da pasta à Vice-Presidência da República, a presidenta Dilma Rousseff passa a ter 38 ministros à sua disposição, um a menos. A mudança foi anunciada na noite de ontem (7) pelo Palácio do Planalto, depois de um encontro de Dilma com presidentes e líderes de partidos da base aliada no Congresso. Após ficar sabendo nessa segunda-feira (6), por meio da imprensa, das movimentações da presidenta para a substituição do comando da SRI, Pepe Vargas se reuniu com ela no início desta tarde, após uma cerimônia no Planalto. Dilma explicou ao então ministro a necessidade de fazer a troca, colocando um correligionário do PMDB no lugar do PT, partido da presidenta e de Pepe. Até aquele momento, não havia uma demissão propriamente dita. Pepe, no entanto, já estava disposto a entregar o cargo. Ontem, o vice-presidente classificou de “cogitações” as conversas que vinham sendo feitas para que o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, assumisse o comando da articulação política. Temer disse também que o ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, também do PMDB, “certamente ocupará um ministério”. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que concedeu entrevista a jornalistas após o encontro, não há outra decisão tomada no momento sobre mudança ministerial. “Há outros temas que serão, que continuam sendo discutidos e que poderão, em um futuro próximo, serem anunciados. O único anúncio que temos por hoje é esse”, declarou, perguntado se o nome de Henrique Alves havia sido citado na reunião.

Paulo Victor Chagas, Agência Brasil

Ministro da Defesa Jaques Wagner

O Ministério da Defesa informou que o ministro Jaques Wagner assinou ontem (7), em Buenos Aires, declaração conjunta com seu homólogo argentino, Agustín Rossi, iniciando conversações para a venda de 24 caças Gripen NG à Força Aérea Argentina. O negócio consta no texto da “Declaração pela Democracia e a Paz”, assinada pelos ministros dos dois países. Na reunião bilateral com o ministro da Defesa argentino, Jaques Wagner ressaltou a escolha da Argentina como primeiro país a ser visitado desde que assumiu o cargo, pela aliança estratégica dos vizinhos, “considerado fundamental para a integração regional da América do Sul”. Ele também destacou interesse em fortalecer a parceria e a cooperação na área de defesa. Além de iniciar as negociações para a compra de 24 caças Gripen, Rossi também demonstrou interesse na aquisição de seis aviões cargueiros KC-390, projeto brasileiro em parceria com a Argentina. A Força Aérea Brasileira (FAB), assinou contrato, no valor de US$ 5,4 bilhões, para aquisição de 36 caças Gripen produzidos pela multinacional sueca SAAB. As aeronaves serão entregues entre 2019 e 2024, em sua maior parte produzidas no Brasil, em parceria com empresas nacionais, que serão beneficiadas pela transferência de tecnologia já prevista no contrato, além do treinamento de pilotos e engenheiros brasileiros na Suécia.

Danilo Macedo, Agência Brasil

Ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante

Durante reunião com a presidenta Dilma Rousseff, os presidentes e líderes de partidos da base aliada no Congresso concordaram em reafirmar o compromisso com o ajuste fiscal que o governo vem promovendo. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, as lideranças se comprometeram a redigir um documento se manifestando favoravelmente às medidas econômicas editadas pelo Executivo e que tramitam no Congresso Nacional. Da reunião participaram também ministros da equipe econômica do governo, como Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento. O ministro disse que houve apoio de todos os líderes e presidentes de partidos para a necessidade do que chamou de “pacto fiscal”. Segundo ele, para além da aprovação na Câmara e no Senado das medidas provisórias e dos projetos de lei enviados pelo governo sobre o tema, há a necessidade de o Congresso não aprovar proposições que não impliquem em gastos adicionais à União. “Isso será feito por meio de uma carta pública que as lideranças e os presidentes de partidos deverão discutir ainda amanhã pela manhã para concluírem essa parte da reunião e assumirem a responsabilidade que, enquanto durar o ajuste fiscal, a base aliada no Congresso Nacional evitará matérias que tenham impacto fiscal relevante”, disse. Leia mais na Agência Brasil.

Paulo Victor Chagas, Agência Brasil

Foto: Divulgação

Presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

O plenário da Câmara aprovou na noite de otnem (7) o requerimento para votação em regime de urgência do projeto de lei que regulamenta a terceirização (PL) 4.330/04, de autoria do ex-deputado Sandro Mabel. Foram 316 votos a favor, 166 contra e 3 abstenções. Com a aprovação da urgência, o PL está pronto para ser votado antes de outras proposições que estão na pauta de votações da Câmara. O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marcou sessão extraordinária da Câmara para a manhã desta quarta-feira (8) a fim de discutir e debater o projeto. Segundo ele, a votação está prevista para a sessão ordinária da Câmara na parte da tarde, ressalvadas as emendas e destaques que visam a alterar o texto aprovado pelos deputados. Cunha informou que a votação desses dispositivos ficará para terça-feira (14) da próxima semana. Segundo o relator do projeto, deputado Arthur Maia (SDD-BA), a regulamentação da terceirização atinge o setor privado e também as empresas públicas, de economia mista, suas subsidiárias e controladas na União, nos estados, no Distrito Federal e nos municípios. O texto do relator prevê que a terceirização possa ocorrer em relação a qualquer atividade da empresa. O ex-líder do PT e ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), deputado Vicentinho (PT-SP), disse que é autor de um projeto que trata do mesmo assunto, mas que sua proposta restringe a terceirização a áreas não vitais das empresas, ou seja, limita onde pode haver terceirização. Segundo ele, a proposta em análise “é uma maneira inteligente de oficializar a precarização dos trabalhadores”. Leia mais na Agência Brasil.

Iolando Lourenço, Agência Brasil

Ministro do Trabalho, Manoel Dias

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, disse ontem (7), que acredita em mudanças no texto do Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que estende a terceirização para as atividades-fim das empresas. O ministro disse ter recebido notícias sobre discussões em torno do assunto. “No ano passado, nós conseguimos constituir uma comissão com o Congresso, representações patronal e dos trabalhadores, e com o governo [para discutir o texto do PL], e avançamos bem. Restaram três itens, que era a questão da atividade-fim, da corresponsabilidade e representação sindical”, disse Dias. “Eu sei que durante o dia hoje, nos debates que ocorreram, houve avanços nas duas últimas questões. Estava mais difícil a questão da atividade-fim. Mas acho que o Congresso, que é sábio, vai fazer esse debate e aprofundar essa discussão”, completou. Dias ressaltou que conseguiu alterações no texto original após evitar que a pauta fosse levada antes para votação na Câmara. “O projeto original era muito ruim para os trabalhadores. A gente conseguiu não fazer votar no ano passado, no sentido de melhorar”. Ele também demonstrou preocupação em uma precarização das relações de trabalho, caso o projeto seja aprovado. “A grande preocupação nossa é a precarização do trabalho. Tem que ter garantias, porque a terceirização é um fato que existe. Então, temos que legalizá-la, a fim de que não haja insegurança nem dos empregadores nem dos trabalhadores, mas ela não pode ser um instrumento de precarização do trabalho”. Leia mais na Agência Brasil.

Marcelo Brandão, Agência Brasil

Vereador é contra instalação de UPP: 'corro do traficante, mas não posso correr da PM'
Antônio Mário, ACM Neto e Célia Sacramento | Foto: Reprodução/ Facebook
 
O vereador de Salvador, Antônio Mário (PSB), disse ser contra a instalação da UPP no bairro de Valéria. De acordo com o socialista, a polícia precisa “aprender a separar o morador negro do marginal”. “Quando eu vejo o traficante, eu corro, mas quando eu vejo a polícia eu não posso querer correr”, afirmou, em nota enviada ao Bahia Notícias. Usando da sua verve governista – apesar de estar na oposição – Mário elogiou, mais uma vez, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “Estamos acompanhando algumas obras em Salvador e eu estou muito alegre em ver Salvador se transformando em um canteiro de obras”, comemorou, ao completar: “é por essa política que estou trabalhando. Uma política feita de trabalho”. Rezando para dois santos, o vereador disse que vai acompanhar o governador Rui Costa (PT), nesta quinta-feira (9), na inauguração da estação de metrô Bom Juá.
  • Para Datena, outras emissoras estão enfrentando problemas, não só a Band

    Para Datena, outras emissoras estão enfrentando problemas, não só a Band

Há 12 anos na Bandeirantes – intervalados apenas por um curto intervalo de 2011 em que foi para a Record –, José Luiz Datena acredita que o momento delicado pelo qual a emissora passa, com demissões e cortes de programas, não seja uma exclusividade dela, mas sim reflexo da crise econômica enfrentada por todo Brasil.

"Parece que a Band é uma emissora em crise, mas o país está em crise. Todas as emissoras estão demitindo. Não é a Band que passa por um momento difícil, o Brasil passa por um momento difícil. As emissoras todas estão demitindo. A Band não pode assumir a crise do país, de forma alguma. A crise é no país, em todo e qualquer setor", afirmou o apresentador em entrevista ao UOL.

Ao comentar a recente saída de Luís Bacci da emissora e o fim do programa "Agora É Tarde", apresentado por Rafinha Bastos, Datena destacou que a saída do primeiro não é sintoma de uma crise na emissora. "Por que mandaram embora o Bacci, e não o Rafinha? Porque o Rafinha é competente, tem outros projetos. O Bacci foi incompetente na Band. Isso tem que ficar bem claro: ele não foi mandado embora por causa da crise da Band. Ele foi mandado embora porque ele não dava audiência de manhã - estava dando 0,5 pontos, 0,8", disse o apresentador, que se mostrou decepcionado com o colega: "Eu me decepcionei com o caráter desse cara. Eu não quero relacionamento nenhum, ele é mentiroso e mau-caráter, na minha opinião".

Bem estabelecido na emissora com o "Brasil Urgente", Datena contou que seu programa não sofreu cortes na equipe, mas ressaltou que essa decisão cabe à Band. "O 'Brasil Urgente' não perdeu quase ninguém, continua com a mesma equipe. Ele é líder de audiência na Bandeirantes. Já chegou a dar muito mais, mas ele continua sendo o líder. Agora, é claro que a Band faz o que deve ser feito".

A Band tem enfrentado problemas desde o início do ano. De acordo com o colunista do UOL Flávio Ricco, a emissora já realizou várias demissões, chegando a terdispensado funcionários durante a cobertura do Carnaval deste ano. A emissora ainda tem estudado acabar com outros programas após o término do "Agora É Tarde".

Datena ainda negou os rumores de que fosse deixar a emissora. "A última vez em que eu estive com o diretor da Band foi há duas semanas, para renovar meu contrato. Eu estendi meu contrato até 2018", afirmou ele, que pretende processar o jornal carioca "O Dia", que deu início aos boatos: "A minha casa é a Band, até quando ela quiser."

Quarta, 08 Abril 2015 07:03

HOMEM EXECUTADO COM MAIS DE 15 TIROS

Escrito por
Um morador de rua morreu após ser alvejado com disparos de arma de fogo na noite desta segunda-feira-feira, 06, nas imediações da Praça Duque de Caxias, no calçadão do cais de Barreiras, no Oeste da Bahia. Segundo populares, Fabrício Gonçalves de Azevedo, de 32 anos, vulgo Magrão, era usuário de drogas.
 
Outro morador de rua, que não quis ser identificado, comentou que Magrão foi chamado por dois homens, numa moto de dados não identificados, os quais perguntaram por seu companheiro conhecido por Sandrão, em seguida, o autor sacou a arma e disparou aproximadamente 15 tiros a queima-roupa contra a vítima. “Ele ainda disse, por favor, não me confundam com Sandrão, mas o carona puxou a arma e começou a atirar”, ressaltou.
 
 
No fim da tarde desta terça-feira, 07 de abril de 2015, um veículo Gol caiu em um açude na saída da cidade de Várzea da Roça.
 
O condutor do veículo, conhecido com Ito de Boró, perdeu a direção do veiculo quando trafegava sentido a comunidade de Água Boa. O veículo rodou na estrada de barro após ultrapassar outro carro que seguia na frente. 
 
Ito disso que tentou desviar de duas motos que vinham no sentido contrário, perdeu o controle da direção do veículo, bateu em umas juremas e depois caiu dentro do açude.
 
Duas pessoas estavam no veículo, mas por sorte ninguém ficou ferido. Uma Retroescavadeira foi usada para retirar o veículo, com a ajuda de populares, pelo motivo do local ser de difícil acesso.
Da Redação e Fotos: Foguinho Eventos
Grupo de pais, irmãos e tios de garota tentaram salvá-la de afogamento, mesmo cientes de que ninguém sabia nadarReprodução/dailymail.co.uk

Sete pessoas de uma mesma família se afogaram ao tentar salvar a filha caçula que caiu em uma represa. Ao se darem conta da queda da menina, os parentes formaram uma “corrente humana” para tentar descer até a água, e foi quando o acidente aconteceu.

O grupo, formado por quatro adultos e três adolescentes, visitava um túmulo em um cemitério próximo à represa, na cidade de Shantou, na Província chinesa de Guangdong.

Uma das jovens, de 17 anos, decidiu lavar as mãos no reservatório, e acabou se desequilibrando e caindo na água. O restante da família fez uma tentativa desesperada de resgatá-la, mesmo ciente de que nenhum integrante do grupo sabia nadar.

O resgate foi chamado, mas já era tarde. Os oficiais encontraram e resgataram os sete corpos de dentro da represa.

De acordo com um dos paramédicos, a impressão que se teve é de que todos os parentes estavam muito empenhados em salvar a garota.

— Nenhum deles sabia nadar, e mesmo assim se arriscaram. Recebemos uma ligação de moradores, que viram o que aconteceu, mas que, infelizmente, não puderam ajudar a família a tempo. Resgatamos a garota e seus dois irmãos, um menino de 15 anos e uma menina de 13, assim como os pais e tios dela, todos declarados mortos ainda no local.

Oficiais responsáveis pela preservação da área onde aconteceu o acidente abriram investigação para ver se é possível prevenir que outras tragédias como esta voltem a acontecer.

A família estava reunida para visitar o túmulo durante um tradicional festival chinês, o Tomb-Sweeping Day, uma espécie de Dia dos Mortos, quando os parentes prestam homenagens a seus ancestrais.

No inicio da tarde desta segunda-feira, 06 de abril de 2015, uma Kombi que pertence a uma pessoa de prenome Jorge e transporta alunos para rede Estadual e Municipal de Várzea da Roça, pegou fogo na BA-130, perto do povoado de Poço do Quilombo.   Segundo testemunhas de populares, o veiculo faz a linha do Lameiro I Região de Umburana de Cheiro  a Várzea da Roça passou na cidade de  cidade de São José do Jacuípe abasteceu segiu viagem, parou em Poço do Quilombo para pegar os alunos, quando saiu com destino a Várzea da Roça, populares perceberam as chamas debaixo do veiculo, começaram a gritar, o motorista parou e deu tempo  ele e os ocupantes saírem. Por sorte, ninguém ficou ferido e o veículo foi consumida pelas chamas. No momento do acontecido, oito alunos que não conseguiram pegar os materiais escolares.   apesar do susto todos estão bem.  Por sorte, ninguém ficou ferido, mas o veículo foi consumido pelas chamas.

ambulancia de barrocas - 1

Um homem identificado como Clodoaldo T. da Silva, que acompanhava o filho que passou pelo Hospital Municipal de Barrocas após ter sofrido um acidente de moto,e estaria levado o garoto e ele para o Povoado de Jenipapo após receber alta médica se revoltou depois que o veículo apresentou problema mecânico no centro de Barrocas,na manhã desta segunda-feira (6), pois, segundo o blog jornal a nossa voz,o filho voltou a ter convulsões.

ambulancia de barrocas - 2

Diante da situação, Clodoaldo não aguentou esperar a chegada de outra ambulância, saiu do veículo e com um pedaço de madeira atacou o veículo em plena Av. Antônio Pinheiro da Mota por volta das 7h50. Enquanto isso o filho ficou sentado na calçada.

Depois do episódio, o paciente teve que retornar para o Hospital Municipal e precisou ser transferido para outra unidade hospitalar, ele foi levado para o Clériston Andrade em Feira da Santa em outra ambulância.

ambulancia de barrocas - des

Segundo o JANV apurou, o Hospital Municipal não tem obrigação de conduzir pacientes de alta para residência, porém a autorização para o transporte partiu diretamente do Secretário de Saúde, Adelson Brito.

Segundo o motorista conhecido por Zé Miro, o veículo quebrou na mola traseira, após sentir o “carro baixar” imediatamente ele parou para verificar o que houve. No mesmo momento Clodoaldo furioso desceu do veículo e conseguiu um cabo de madeira e quebrou o pára-brisa, faróis, giro flex, retrovisores e os vidros laterais da ambulância.

Redação CN * informações e foto Jornal a Nossa Voz

Pagina 7 de 612